1/2

S X  P O O L 

Santo Tirso, 2013

“(…)Tudo isto não acontece no mar, nem no sol – pensa o nadador Palomar – mas sim dentro da minha cabeça (…) estou a nadar na minha mente; (…) As suas braçadas tornaram-se pesadas e incertas. Num mundo que se vai desfazendo, a coisa que ele gostaria de salvar é a mais frágil: aquela ponte marinha entre os seus olhos e o sol
poente. (…)”

I. Calvino, Palomar

 

 

 

O reflexo da luz na água! Como se desenha um cliché?

Uma piscina, vejamos: a água é mais importante que o recipiente. Banhar-se é mais importante do que o desejo de uma piscina.

A piscina não existe sem sol e, a água quieta sem luz, jamais deixa de ser o reflexo da sombra do prado.

Retenho: nadar; água; sol.
Sugeri que a piscina se afastasse da casa que estabelecesse o seu lugar que se enquadrasse na árvore; no muro; na linha de festo. Evitámos a imagem da bordadura de pedra.

Queria apenas um charco de água que emerge na erva.
Queria apenas o reflexo de céu interrompido por uma laje de pedra.


Desenhamos uma poça e a laje, ou quase. O quase é uma linha vazia que preserva o prado do contacto com a água artificial. A rocha está lá, é o granito.De granito é este lugar.  
Aqui a água tem geometria – não é possível imitar o acaso.
Um retângulo de água e um retângulo de pedra formam um quadrado.

“(…) All of this, doesn't happen in the sea, nor in
the sun," the swimmer Palomar thinks, "but inside
my head (…) I am swimming in my mind (…)
His strokes have become weary and hesitant.
In the disintegrating world, the thing he would like
to save is the most fragile: that sea-bridge between
his eyes and the sinking sun (…)”

I. Calvino, Palomar

The reflection of light on water! How is a cliché designed?
The water is more important than the recipient. Swimming is more important than the desire to have a swimming pool.
The pool doesn’t exist without the sun, and the water without light, will never stop being the reflection of the lawn’s shadow.
I retain: swimming; water; sun.
I suggested, first of all, setting apart the pool from the house – to allow it to establish its own space in relation with the tree, the wall, the line of the slumps. We avoided the stone edges.


We wanted a puddle of water in the grass. We wanted the sky’s reflex in the lawn’s floor, interrupted by a rock.


We almost designed a puddle and a rock. The almost is the empty line that preserves the contact between the water and the lawn. The rock is granite. This place is made of granite.
In here, the water has geometry – it’s not possible to imitate chance.
A rectangle of water and a rectangle of stone make a square.

G A L L E R Y : 

Rua João Paulo II, n. 615, Trofa, Porto, Portugal.

 t. +351 252 414 729   m. +351 933 205 481   e. noarq@noarq.com

© 2019, by NOARQ  |  no arquitectos lda

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle