1/2

 | r e n o v a t i o n |   N O apartment

Trofa,2010-2013

Um processo complexo - alteração de utilização de um andar comercial em habitação. Foram meses de investigação dos vizinhos e de recolha de centenas de assinaturas.
Tinha em mãos uma herança geométrica complicada, um espaço vago em situação de gaveto. A forma do vazio era determinada pelas frações contíguas que convergiam de ambos os lados do gaveto de ângulo obtuso.


Eram tensões impossíveis de disfarçar.
Disfarçar não é a minha melhor característica.


Era um primeiro andar. Os andares da base de um edifício residencial podem ser um labirinto de courettes, de infraestruturas e de estrutura que suportam os pisos superiores. Eu tinha encontrado um exemplar.


Reabilitar pode ser começar do zero. Deveria estabelecer a ligação do novo apartamento às redes de abastecimento e de esgoto, elétricas, telecomunicações, gás e ainda às redes de exaustão do edifício.


2010; 2011; 2012 foram anos difíceis, de difícil acesso a crédito. Financiamento não havia.

Da poupança se fez critério. Não obstante poderia conceber o (meu) espaço. Um sonho simples para um caso bicudo. Pensar um sanitário apenas com o elementar.
Conceber uma porta, como gostava que uma porta fosse. Desenhar um puxador como penso que deveria ser desenhado um puxador.

More with less. Habituei-me ao jargão.


Não desdenho uma possibilidade se me permitirem a arquitetura, desta vez era para a minha família de 5 pessoas. Pela primeira vez tinha a oportunidade de habitar um desenho de acordo com algumas convicções.


Dispuseram-me um espaço de 150 m², vazio, onde funcionava um showroom, e que correspondia à área de um T1 e de um T2 no projeto original do edifício.

Estava tudo por fazer.
Aproveitámos o que havia: quase toda a madeira do chão e uma grande parte de teto de estuque.
Dividimos o espaço em: 3 quartos (o dos rapazes pode desdobrar-se); 2 banhos comuns e um sanitário de serviço; espaço social e cozinha.

A complicated process – changing a commercial floor
into a home. We spent months on investigating the neighbours and collecting signatures.
We had a complicated geometric inheritance, an empty space in a corner building. The shape of the empty space was determined by the neighbouring units, which converged on both sides of the corner at obtuse angles.

 


There were tensions that were impossible to ignore.
Ignoring problems is not my best characteristic.


It was the first floor: The lower floors of a residential building can be a labyrinth of infrastructures and structures that support the upper floors. I had found a great example of this.


Rehabilitating can mean starting from scratch. I had to connect the new apartment to the supply and sewer systems, electricity, telecommunications, gas and even the building's exhaust system.


2010; 2011; 2012 were difficult years, with difficult access to credit. There was no funding.

Savings became a criteria. Nonetheless, I could design (my) space. A simple dream for a tough case.

I designed a toilet with just the basics.

I drew a door as I would like a door to be. I designed a doorknob as I thought a doorknob should be designed.
More with less. I got used to the jargon.

 


I don't spurn any possibility that lets me do architecture.
This time it was for my family of 5. For the first time, I had the chance to live in a design according to some convictions.


They gave me 150 of empty space where there used to be a showroom that corresponded to a 1-room and a 2-rooms apartments area in the original building design. Everything needed to be done. 
We took advantage of what was there, almost all the wooden floor and most of the plaster ceiling.

We divided the space into 3 bedrooms (the boys’ bedroom can be turned into 2 bedrooms); 2 common bathrooms and a toilet, social space and kitchen.

G A L L E R Y :

Rua João Paulo II, n. 615, Trofa, Porto, Portugal.

 t. +351 252 414 729   m. +351 933 205 481   e. noarq@noarq.com

© 2019, by NOARQ  |  no arquitectos lda

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle