M A M I house 

Matosinhos, 2011-2016

Vieram ter comigo e pediram para desenhar uma moradia de 160 por 80.000€. Disse que não era possível; pedi para acrescentarem um pouco mais e aceitaria. 
A poesia não é propriedade exclusiva dos abastados.

Passados alguns dias voltaram; esticaram até aos 100.000€. Adoro uma boa dor de cabeça!


A forma do terreno aproximava-se a uma fatia de pizza em situação de gaveto, onde a topografia plana não acompanhava a pendente da rua no sentido poente.
Para cumprir o budget identificámos as opções mais dispendiosas de uma obra:


1. Limitámos o número de sanitários (apenas duas unidades servem os dois pisos, uma delas com banho).


2. Optámos por eficiência energética em detrimento dos materiais de acabamento. Desenhámos um mini-bunker: uma estrutura em betão armado aparente no interior, revestida pelo exterior com 8 e 10 cm de “capotto”.


3. A mesma austeridade foi utilizada na racionalização da área disponível. No centro do rés-do-chão um bloco de 5,2 x 3,7 m concentra a cozinha, o sanitário de serviço, a escada (no seu desvão, os arrumos) e estante da sala.


Sem recurso a divisórias o restante espaço estava dividido.
Errámos em 10.000€.

They came to me and asked me to design a 160 house for €80,000. I told them it wasn't possible; I proposed them to raise the budget a bit, and I would have accepted.
Poetry is not exclusive property of the wealthy.
A few days later they returned; they could go as high as €100,000. I love a good headache!


The shape of the plot of land was a bit like a slice of pizza on a corner, but the flat topography did not accompany the slope of the road towards the west.
In order to meet the budget, we identified the most expensive components of a work: 


1. We limited the number of bathrooms (only two for the two floors, one with a bath).


2. We chose energy efficiency rather than finishing materials. We designed a mini-bunker: A reinforced concrete structure, bare on the inside, covered with 8 and 10 cm ETICSon the outside.


3. The same austerity was used in rationalising the available area. In the middle of the ground floor, a 5.2 x 3.7 m block contains the kitchen, the toilet, the stairs (storage
space in the garret) and living room bookcase.


The rest of the space was divided without using partitions.
We were out by €10,000.

G A L L E R Y :

back to projects

Rua João Paulo II, n. 615, Trofa, Porto, Portugal.

 t. +351 252 414 729   m. +351 933 205 481   e. noarq@noarq.com

© 2019, by NOARQ  |  no arquitectos lda

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle